mar
17
2009

Você Tem Metas Definidas?


Para quem não sabe onde vai, qualquer lugar serve“, assim disse Shakespeare. Costumo dizer aos meus alunos, que quem não tem metas definidas é como um barco sem remos, velas, motor ou leme; a correnteza o levará para onde ela quiser.

“O ato de estabelecer objetivos fornece dois bens valiosos para você: sentido de causalidade e marcas para iluminar o caminho. Os objetivos o põem ao timão da sua vida; persegui-los é reconhecer a causalidade sobre a situação. Eles permitem determinar o curso, em vez de simplesmente ficar à deriva e deixar que a vida aconteça para você.”

Chérie Carter-Scott

Mais importante que estabelecer suas metas, é ter atitude e disciplina para atingi-las. Definir suas metas é apenas a primeira parte do processo. É o planejamento de sua vida, dos degraus que deseja subir na escada rumo à autorealização, mas, como defini-las? Vejamos:

Definindo suas metas

Se você está pensando em definir uma meta do tipo: “quero ser feliz”  pode esquecer, não é bem assim que a coisa funciona. Primeiro, ser feliz é muito genérico; você precisa ser específico. Vamos a um exemplo: suponhamos que você deseja comprar um carro ou trocar o seu. A primeira coisa é definir que tipo de carro deseja,  o ano do carro, a cor, enfim, os detalhes sobre o objetivo.

Feito isso, precisa pesquisar valores: quanto custa? Analise sua condição financeira; você tem como comprar à vista? Precisa financiar? Como vai pagar as prestações, está dentro do seu orçamento?

Estabeleça um prazo para realizar sua meta. Isso quer dizer que você irá definir um dia específico, ou um mês, uma semana, e de que ano. Não é apenas dizer: “ano que vem eu troco de carro” . É dizer: “na segunda semana de setembro de 2010, vou trocar de carro“. Tem que ser assim.

Metas definidas. E agora?

Agora é hora da ação. A disciplina é a sua maior arma. Se você definiu que vai poupar determinado valor por mês para comprar seu carro, então faça. Desvie seu caminho apenas, e somente apenas, para ajustar qualquer contratempo que possa aparecer. É preciso ter flexibilidade.

Paulo Coelho, no livro “O Alquimista” diz uma frase que jamais esqueço: “Quando você deseja muito alguma coisa, todo o universo conspira a seu favor“. Em nosso caso, digo que quando você define suas metas, seu cérebro trabalha a seu favor. Você vai perceber que seu sentido ficará mais voltado às situações que estão relacionadas com suas metas. Experimente.

Para completar o exemplo do caro, sugiro que você consiga uma foto do modelo que deseja e coloque em um lugar onde possa ver todos os dias. O resultado é surpreendente.

Abraços,

Professor Edmundo Santana


Compare os preços ! Informática, Imagem e som, Telefonia…

Artigos relacionados

Sobre o autor: Edmundo Santana

Diretor Geral da Canadian Corporate Coaching Group Brasil. Sócio Diretor da Advance Consultoria e Treinamentos. Consultor e Instrutor em Desenvolvimento de Pessoas. Consultor e Instrutor do Sebrae/PR. Professor de Técnicas de Redação. Fundador do Blog Professor Edmundo Santana. Autor do Livro Fazendo a Diferença - Aprenda Fácil Editora

1 Comment+ Add Comment

  • […] A verdade é que motivação está dentro de cada um. Não adianta tentar buscá-la numa palestra, em outra pessoa, etc… tem que encontrá-la dentro de você. Aí está a questão: como? A própria palavra já responde: MOTIVO para AÇÃO. Você tem um motivo para agir? Você tem metas definidas? Sabe onde quer chegar? Você pode ler este artigo que escrevi há algum tempo sobre metas. […]

Leave a comment