jul
5
2013

Vestibular UEM : Resposta Interpretativa


UEM Vestibular

Segue abaixo um modelo de Resposta Interpretativa, gênero textual que costuma cair no vestibular da UEM, redigida por Luan Tarlau. O Luan é um visitante assíduo do blog e frequentemente meenvia textos para analisar. Está estudando bastante para o vestibular da UEM e merece seu texto postado no blog. Agradeço ao Luan ter autorizado a postagem de seus textos, ajudando, assim, outros alunos a melhorar a qualidade de suas redações. A proposta do texto abaixo foi tema do vestibular de Inverno 2011 da UEM, e pode ser encontrado aqui.

Minhas observações estão ao final do texto.

Vestibular UEM de Inverno 2011

Assim como transparece os textos de Camila Maciel Polonio e do Dr. João Roberto D. Azevedo, a atual posição do idoso em nossa sociedade é uma questão para se refletir.

O texto “Senilidade e a invisibilidade social” de Camila Maciel Polonio, afirma que o idoso é visto como um orientador para os seus familiares. Saindo da posição de provedor, o idoso assume a nítida função de um conselheiro, afirmação que pode ser comprovada com o seguinte fragmento do texto “Velhice” de Vinícius De Moraes: “Virá o dia em que eu hei de ser um velho experiente (…)”. O “velho experiente” retrata o papel exercido pelo idoso, de acordo com a autora.

Uma outra visão mais crítica é apresentada no texto: “A sociedade e a terceira idade”. O autor, Dr. João Roberto, destaca que em sociedades ricas, o idoso tem os seus direitos valorizados enquanto que em sociedades pobres, a terceira idade é isolada e considerada inútil, conforme deixa evidente, também, Vinícius de Moraes: “Serei um corpo sem mocidade, inútil, vazio (…)”. Logo, é necessária a modificação do olhar, da educação e do respeito sobre o idoso para não transformá-lo em um “(…) cadáver de uma mocidade criadora”, como concluiu Vinícius de Moraes no final de seu texto.

O Luan abordou o tema com bastante objetividade, fazendo referências aos textos de apoio. A única observação que faço é para tomar cuidado com a quantidade de referências. Contudo, como foram 3 textos de apoio e o espaço para a resposta é curto (15 linhas), podemos considerar uma abordagem bem feita. Outro aspecto importante é procurar dividir os parágrafos de forma mais equilibrada.

Lembrem-se de que na resposta interpretativa, o autor não emite sua opinião e, é exatamente por isso que a banca solicita que se faça uma referência a algum dos textos.

Artigos relacionados

Sobre o autor: Edmundo Santana

Diretor Geral da Canadian Corporate Coaching Group Brasil. Sócio Diretor da Advance Consultoria e Treinamentos. Consultor e Instrutor em Desenvolvimento de Pessoas. Consultor e Instrutor do Sebrae/PR. Professor de Técnicas de Redação. Fundador do Blog Professor Edmundo Santana. Autor do Livro Fazendo a Diferença - Aprenda Fácil Editora

11 Comments+ Add Comment

  • Olá professor.. Estou tentando fazer uma resposta interpretativa em que pede: A partir da leitura do poema “Canção de Exílio” de Gonçalves Dias, produza uma resposta interpretativa, a pergunta quais são os fatos que demonstram que o eu lirico é saudosista? Mas tenho muita dificuldade em começar minha redações.. Pode me dar exemplos de como começar? Obrigada desde já!

  • Professor,como posso começar uma resposta interpretativa?Qual seria a estrutura?
    Sabe,com tanta bobagem na internet,é dificil confiar.
    Grato.

    • Olá Leandro. Imagine que está redigindo uma dissertação curta, onde o imprescindível é você manter como princípio fundamental a ideia central do texto de apoio, inclusive, preferencialmente utilizando parte do texto para fundamentar sua resposta.
      A resposta interpretativa leva em consideração, sempre, a ideia central do texto de apoio. Você não deve emitir sua opinião (aqui a diferença entre a dissertação), apenas interpretar a opinião do autor ou autores dos textos. Não existe uma estrutura padrão, mas lembre-se de que um bom texto tem introdução, desenvolvimento e conclusão.

      Espero ter ajudado,

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Professor Edmundo, encontrei o seu blog enquanto estava procurando estruturas de gêneros textuais solicitados para o Vestibular de Inverno 2014 da UEM e pude perceber que suas instruções para o desenvolvimento de redações são exatamente o que a UEM exige.
    Estudo em escola pública e as aulas de Português não são de qualidade por conta do comodismo da professora, e como trabalho não existe a possibilidade de frequentar aulas de oficina de redação.
    Pelos motivos citados acima gostaria de pedir-lhe que fizesse algo parecido com uma apostila, explicando cada gênero textual solicitado pela UEM e colocado logo abaixo:

    1. Artigo de opinião.

    2. Carta de reclamação.

    3. Carta do leitor.

    4. Carta de solicitação.

    5. Notícia.

    6. Relato.

    7. Resposta argumentativa.

    8. Resposta interpretativa.

    9. Resumo.

    10. Texto instrucional.

    Obrigada

    Tamires A. Paixão

    • Olá Tamires. Reconheço que as escolas estão pecando na questão redação. E não são apenas as escolas públicas, as particulares também. Para se ter uma ideia, 95% dos meus alunos são oriundos de escolas particulares, inclusive, muitos deles em cursinhos de renome.
      Complicado é eu compilar todo este material em curto prazo, pois tenho várias atividades. Se te ajuda, em breve iniciarei um curso online ao vivo com preço bem atrativo. Neste curso, explicarei passo a passo todos os gêneros textuais mais usuais (como os acima), corrigirei redações e orientarei sobre os erros de cada aluno.
      De qualquer forma, se ainda assim for difícil para você, no blog tem orientações sobre todos os gêneros e se você tiver dúvidas, pode escrever para cursos@professoredmundo.com.br que eu te oriento.
      É um projeto meu colocar todas estas informações, inclusive, já até iniciei um e-book, mas devido ao tempo, o projeto anda muito devagar.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Olá professor, estou sempre visualizando seus posts, pois me auxilia muito. Será que você aceitaria analisar algumas redações minhas, me auxiliando em meus erros? Pois vou fazer vestibular em alguns meses! Será que poderia me ajudar?

  • professor, resposta argumentativa, interpretativa é escrita sempre em terceira pessoa? ex: as pessoas (elas) ficam vulneráveis perante a internet

    • Olá Higor. Sim, as respostas devem ser redigidas sempre em terceira pessoa. É como uma mini dissertação.

      Abs
      Prof. Edmundo

      • Olá, a resposta argumentativa é elaborada em um único parágrafo ou posso dividi-la em mais: três, por exemplo.
        Att
        maria garbossa

        • Olá Maria. Sim, você pode e deve, redigir em mais de um parágrafo. A paragrafação é importante para organizar melhor as ideias.

          Abs
          Prof. Edmundo

Leave a comment