mai
5
2011

Redação – Vestibular – Artigo de Opinião


artigo de opinião

Artigo de Opinião

Continuando nosso programa de dicas sobre os diversos Gêneros Textuais, hoje falaremos sobre o artigo de opinião. Quem gosta de ler boas revistas e jornais, está acostumado, também, a ler artigos de opinião. Neste tipo de gênero textual, como o próprio nome diz, trata-se da opinião pessoal do autor sobre determinado tema. Como todo bom texto, o artigo também segue algumas características básicas. O autor precisar convencer seus leitores com bons argumentos e apresentar suas impressões pessoais sobre o tema. Normalmente, os temas são polêmicos. A necessidade de apresentar sua posição é fundamental.

Para que você possa produzir um artigo de opinião, é necessário que tenha conhecimento do assunto, portanto, é preciso estar “ligado” ao que acontece no mundo. Somente com informações e conteúdo será capaz de redigir um bom texto.

É importante saber quem é o público que lerá seu artigo. Normalmente, numa prova de vestibular, a banca faz uma menção sobre isso, do tipo: redija um artigo de opinião para uma revista destinada ao público “x”.

É possível, também, que na prova você tenha um ou mais textos de apoio. Sendo assim, observe bem as opiniões, relacione seus argumentos (não copie nada), e com base no seu conhecimento do assunto, produza seu texto.

Dê um título que desperte o interesse do seu público, que chame atenção. Seja criativo.

A conclusão deve ser o fechamento da ideia principal. Confirme suas convicções.

A semelhança com uma dissertação é grande, no entanto, um artigo de opinião é pessoal, diferente da dissertação. Procure em revistas e jornais e leia o máximo de artigos que puder. Assim, não terá surpresas se o vestibular que estiver fazendo exigir este tipo de gênero textual.

Gostou da dica? Então vote no Blog para o concurso Top Blog.

Abraços,

Professor Edmundo Santana

Artigos relacionados

Sobre o autor: Edmundo Santana

Diretor Geral da Canadian Corporate Coaching Group Brasil. Sócio Diretor da Advance Consultoria e Treinamentos. Consultor e Instrutor em Desenvolvimento de Pessoas. Consultor e Instrutor do Sebrae/PR. Professor de Técnicas de Redação. Fundador do Blog Professor Edmundo Santana. Autor do Livro Fazendo a Diferença - Aprenda Fácil Editora

72 Comments+ Add Comment

  • Professor, preciso de um favor!
    Achei o seguinte tema de redação na internet:
    http://www.foa.org.br/portal_ensino/sav/provas/21-12-2008/redacao/proposta-1.pdf
    Mas eu preciso de uma proposta. Número de linhas, o que deve conter, essas coisas que vem escritas quando antes da folha de redação.
    Seria possível criar isso pra mim?
    Desde já agradeço! E parabéns pelo site!

    • Olá Carla. Que bom que gostou do blog, fico feliz em poder ajudar. Bem, segue abaixo instruções para o tema proposto. É um esquema meio padrão para provas.

      Com base nos textos de apoio, redija uma dissertação em prosa, tendo como parâmetro o tema: RELACIONAMENTO NO SÉCULO XXI. Procure utilizar os conhecimentos adquiridos e as reflexões feitas ao longo de sua formação. Selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opiniões para defender seu ponto de vista e suas propostas, sem ferir os direitos humanos.

      Observações:
      – Seu texto deve ser escrito na modalidade padrão da língua portuguesa.
      – O texto não deve ser escrito em forma de poema (versos) ou narração.
      – O texto deve ter no mínimo, 20 (vinte) e no máximo, 30 (trinta) linhas escritas.
      – A redação deve ser desenvolvida à tinta.
      – O rascunho pode ser feito na última página deste Caderno.

      Espero ter ajudado. Se quiser enviar a redação para eu analisar, terei prazer.

      Abraços,
      Professor Edmundo Santana

  • Professor Edmundo, queria lhe parabenizar pelo seu excelente blog, que já me sanou muitas dúvidas. Mas tenho uma outra. Minha professora de português afirmou que não era sensato pular uma linha para deixar um espaço entre o título e o primeiro parágrafo. Isso está certo? Queria lhe fazer outro pedido, se não for muito incômodo. Eu poderia lhe enviar uma redação que eu fiz sobre energia nuclear, para que você podesse analisar e me dizer que alterações fazer? Desde já, obrigado.

    • Olá Rubenilson. Sua professora estácerta, não é prudente deixar linha em branco entre o título e o início do texto. Sim, pode enviar a redação com a proposta que terei prazer em analisar. Pode enviar no e-mail: profed@professoredmundo.com.br

      Abraços,
      Professor Edmundo Santana

  • Olá Edmundo! É muito importante a partilha de conhecimentos. Dessa forma,aprendemos muito mais.
    Grata.

    • Olá Maria. Sempre digo nos treinamentos que faço que quanto mais você ensina, mais aprende. Precisamos, realmente, unir esforços para melhorar a qualidade da educação no Brasil. No que posso ajudar, ajudo com prazer.

      Abraços,
      Professor Edmundo Santana

  • Ola Edmundo, minha professora pediu algumas coisas sobre artigo de opiniao como: o que é artigo de opiniao, caracteristicas, argumentos e tese. este texto dessa pagina serve para tudo isso?
    Obrigado

    • Olá Anderson. Sim, o conteudo deste artigo tem o que precisa. No entanto, se desejar acrescentar algo mais, seria interessante ler alguns artigos em boas revistas e jornais para entender um pouco melhor como colunistas produzem seus artigos. Que características têm e etc…

      Abraços,
      Professor Edmundo

  • Professor, gostei muito do conteudo de seu blog e tambem da sua atençao conosco. Se nao for muito encomodo gostaria que o senhor enviasse para meu email (ilarymoraes@hotmail.com) uma proposta de radaçao, de preferencia dissertativa, pois tenho muita dificuldade em redigir textos. Se puder mandar antes do dia 30 deste mes é melhor ainda, pois vou fazer uma prova dia 04 de dezembro e preciso melhorar minhas redaçoes.

    Obrigada.

    • Olá Anne. Já enviei para o seu e-mail duas propostas de dissertação.

      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Professor Edmundo,

    Primeiramente parabéns pelo trabalho no blog. Fiquei encantada com todo o material disponível e, esteja certo, está sendo de grande valia.
    Sou veterena nos vestibulares da vida, mais especificamente os do Rio – UFF, UFRJ, UERJ – e nos dois vestibulares que fiz para a UFF, fiquei com 9,5 e 9,75, respectivamente. No primeiro ano a proposta era carta e no segundo ano foi o Artigo de Opinião.
    Como estou a 2 anos longe dos preparos para o vestibular (resolvi mudar de curso), me ocorreu uma dúvida e gostaria muito de que o senhor pudesse saná-la. Pois bem, na dissertação, temos de produzir o texto em 3ª pessoa, com opinião, mas que essa não transpareça em 1ª pessoa, certo?
    No artigo de opinião, o texto é pessoal, como o senhor mesmo disse e com isso, pode ser regido em 1ª pessoa ou deve, necessariamente ser elaborado em 3ª pessoa como na dissertação.

    Desculpe-me, mas estou um pouco perdida. Não pratiquei, pois me decidi nos 45 do 2º tempo e não estou conseguindo ver a real diferença do “emprego” da opinião nos dois textos – dissertativo e artigo de opinião.

    Desde já, agradecida!

    • Olá Gabriela. Espero que se saia bem no vestibular. Bem, respondendo suas perguntas:
      Uma dissertação deve ser redigida em 3ª pessoa evitando a utilização dos pronomes pessoais. Impessoal, sua opinião deverá ser expressa baseada em argumentos que justifiquem e, em nenhum momento, referir-se a si mesma. Escreve de forma genérica.
      Quanto ao artigo de opinião, este pode ser escrito em 1ª pessoa, sem problemas, visto que, normalmente, nos veículos de comunicação como jornais e revistas, seus colunistas escrevem sobre suas opiniões pessoais, buscando, sempre, uma interatividade com os leitores. Inclusive, pode até usar experiências pessoais no texto, desde que pertinentes.

      A diferença: Na dissertação você defende uma tese de forma impessoal, sem se manifestar diretamente. É como um artigo científico, onde o autor busca seus argumentos em fatos já constatados.
      No Artigo de opinião, você também defende uma tese, porém, de forma pessoal, podendo utilizar-se de suas experiências já vividas, mas também com base em fatos e argumentos fundamentados.

      Espero ter ajudado, qualquer dúvida, estou à disposição.

      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Olá, estava procurando um site que pudesse me ajudar em redação e este é justamente o que preciso. Vou prestar medicina este ano, e quero estar muito bem preparada.
    Parabéns pelo site

    • Olá Cristiane. Seja bem vinda. Se você vai prestar vestibular para medicina, aconselho a se preparar muito além dos candidatos de outros cursos. A redação, certamente fará muita diferença em sua nota final. Fique à vontade para perguntar o que desejar.

      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Professor, gostaria de algumas aulas de redação. Como faço pra fazer o curso de redação online?

  • O mesmo dispõe de algum curso online ou as dúvidas podem ser tiradas no blog? No mais, quero parabenizá-lo. O blog está cumprindo o seu papel, que é levar o conhecimento àqueles que precisam de conhecimento.

    • Olá Fernando. Há algum tempo venho pensando numa forma de ministrar um curso online que seja realmente eficaz. Venho buscando uma plataforma que ofereça essas condições, com vídeo aulas e etc… Estou em busca de algo que seja mais interativo para gerar ótimos resultados.
      Enquanto não encontro o sistema ideal, pode ir tirando suas dúvidas pelo blog, sem problemas.
      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Olá professor, queria muito sua ajuda pois irei fazer uma prova do vestibular e queria tirar auguma duvidas que surgiram, a respeito de ARTIGO DE OPINIÂO queria saber quais os principais fundamentos, a estrutura de como redigir bem esses tipos de textos .
    Desde de já agradeço a atenção, obrigada.

    • Olá Geovannya. O Artigo de Opinião é um texto pessoal, ou seja, você pode escrevê-lo em primeira pessoa. Essa é a principal característica deste gênero textual, o que difere muito da maioria. Em geral, os textos para vestibular tomam por base um fundamento básico: fundamentado em argumentos e não em hipóteses. O objetivo é testar o conhecimento dos candidatos sobre um determinado tema. Com o Artigo de Opinião não é diferente. Mesmo sendo um texto pessoal, onde o autor expõe sua opinião a respeito de uma questão qualquer, deve estar bem fundamentado. Para isso, exigirá de você conhecimentos e certa experiência.
      Independente do tema, procure escrever o texto conciliando sua visão e opinião com fatos relevantes e argumentos fortes. Um bom artigo é aquele em que o autor consegue transmitir sua opinião de forma clara e objetiva.
      Uma forma de você aprender mais sobre Artigos de Opinião é ler bons colunistas em revistas como Veja, Época, Isto é, etc… Outra sugestão é que você busque aqui no blog em Temas de Redação, algum tema para Artigo de Opinião, escrever e me enviar. Dessa forma posso analisar seu texto e orientá-la melhor.
      Envie para : edmundo@professoredmundo.com.br

      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Parabéns!!!

  • Olá professor, gostaria de saber algumas dicas para fazer um bom artigo de opinião e qual é a diferença de uma dissertação?

    • Olá Gilmar. As diferenças entre os dois gêneros são, basicamente:
      Artigo de Opinião: 1ª pessoa; informalidade, proximidade com o leitor.
      Dissertação: 3ª pessoa, formalidade, estrutura definida (introdução, desenvolvimento e conclusão), não existe nenhuma proximidade com o leitor, é um texto científico.

      Como dicas para se escrever um bom artigo, pense sempre numa conversa, com fundamentos bem argumentados, sem acusações e críticas infundadas. Um artigo de opinião é a visão do autor sobre determinado tema em que, preferencialmente, ele tenha uma bagagem de experiência. Por exemplo: se você ler a revista Veja, encontrará excelentes artigos de opinião, cada um escrito por quem domina determinado assunto.

      Espero ter esclarecido.

      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Muito bom. Mas gostaria que enviasse um exemplos de artigo de opnão

    • Olá Daniel. Melhor que eu enviar modelos de artigo de opinião, é você ler, na revista Veja, por exemplo, vários artigos de articulistas consagrados, como: Lia Luft, Claudio de Moura, Gustavo Ioshpe, Maílson da Nóbrega e tantos outros. Não há exemplos melhor que estes.

      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Olá professor! Tudo bem ?
    Primeiramente queria dar os parabéns sobre o blog, está ótimo e ajudando muitas pessoas!
    Eu tenho 16 anos, estou cursando 2º colegial, eu adoro aulas de português, mas não sou muito boa em redações e artigo de opinião, fico muito confusa e sem saber como colocar minhas opiniões em prática. E isso me prejudica muito na escola… Poderia me dar alguma dica para eu melhorar meu desempenho?
    Agradeço muito! Bjss.

    • Olá Bianca. Obrigado por visitar o blog. Seus anseios e temores são comuns para sua idade. Uma das grandes dificuldades dos candidatos a vestibular é, exatamente, saber o que colocar no papel, pois falta-lhe experiência de vida e conteúdo, pelo menos em grande parte. Com relação à experiência, nada se pode fazer, pois os anos são a escola. No entanto, quando se refere ao conteúdo, a dica é simples: leia jornais, revistas, esteja atualizada com o que acontece ao seu redor e no mundo. Esse conhecimento é que lhe fornece o conteúdo e a segurança para saber o que escrever. Essa é a melhor maneira de começar a formar sua opinião e ter argumentos para defender suas ideias.
      Além disso, Bianca, leia muito, muito mesmo. A leitura é fundamental para quem deseja escrever bem.

      Espero ter ajudado. Estou à disposição.

      Abs,
      Prof. Edmundo

  • Gostaria de saber se é necessário assinar e por a data no final??

    • Olá Natalia. Não há necessidade de assinar e nem de colocar a data.

      Abraços,
      Prof. Edmundo

  • Prof Edmundo, saudações e parabéns pelo excelente trabalho! Gostaria de saber como redigir uma boa carta argumentativa. Vou prestar concurso federal para aux administrativo, nível fundamental. Desde já, muito grato.

    • Olá Junior. Obrigado. Bem, a estrutura da carta você pode encontrar neste post: Redação – Gêneros Textuais. Quanto ao texto: a carta é um texto pessoal, é você escrevendo para alguém diretamente, neste caso, em 1ª pessoa. Normalmente a banca solicita que você se posicione sobre algum tema específico, como por exemplo: Escreva uma carta para o editor de uma revista criticando um determinado artigo que você tem opinião contrária. Use argumentos para justificar sua opinião.
      Será necessário que você tenha argumentos (fatos) reais para sustentar sua posição na carta, não apenas dizer que é contra ou que não gostou, mas, mostrar que sua opinião tem algum fundamento baseado em fatos.

      Espero ter ajudado. Cadastre-se no site para receber as atualizações. Estou sempre postando exemplos e conteúdo novo.

      Abraços,
      Prof. Edmundo Santana

  • gostaria de saber exemplos de redação nos modelos crônica e artigo de opinao.
    agradeço desde já.

    • Olá Moara. Assim que possível coloco alguns exemplos, ok?? está meio corrido, mas até a semana que vem eu posto.

      Obrigado por visitar o blog.
      Prof. Edmundo

  • Parabéns pelo blog!!
    Prof, gostaria de saber, se no artigo de opinião é necessário que se assine no final, ou ponha data.. obg!

    • Olá Dany. Obrigado. Não há necessidade de assinar nem de colocar data, ok?? Não faz parte da estrutura padrão de um artigo. Um título vai muito bem.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • esta explicação do texto de opinião não foi uma das melhores ,mas até que foi boa.

  • esta explicação do texto de opinião não foi uma das melhores ,mas até que foi boa essa explicação.

  • não foi bom

  • Adorei a explicação professor me ajudou bastante.

  • Edmundo, nos vestibulares, no caso do artigo de opinião eu devo assinar o artigo?

    • Olá Rodrigo. Não precisa assinar. Um título cai bem.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Oi professor! Gostaria de saber como fazer a conclusão do artigo de opinião. Não é necessário dar uma proposta de intervenção, né? Sou mais acostumada com dissertações argumentativas. Penso que o artigo seria como mostrar meu pensamento fundamentado em argumentos convincentes…mas a conclusão me traz dúvidas.
    Obrigada!

    • Olá Monique. Num artigo deopinião, a conclusão é apenas o fechamento de sua ideia, não tendo relação com as conclusões de dissertações. Não precisa de proposta, no entanto, você é livre para emitir sua opinião, e deve fazê-lo, sempre tendo como fundamento um bom argumento., Por mais que seja um texto de opinião, tenha sempre o cuidado de fundamentar e não fazer acusações ou críticas sem base.
      Espero ter ajudado. Qualquer coisa, pergunte.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Olá! Adorei o seu trabalho, tem me ajudado e muito! Só gostaria de saber a diferença entre um artigo de opinião e um editorial.. Minha professora comentou que no artigo de opinião, prevalece a opinião do autor, e no editorial, defende-se a opinião do jornal.. Está certa essa definição? E quanto a estrutura de ambos, existe alguma diferença?

  • Olá, o pseudônimo deve ser colocado no final do texto ou depois do título? E é alinhado à esquerda?

    • Olá Ester. Você está perguntando a respeito de Artigo de Opinião?? Se for isso, só coloque pseudônimo se a banca solicitar, caso contrário, não. Se for o caso de colocar, coloque no fim do texto.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Se na prova, for exigida a assinatura com um pseudônimo, existe possibilidade de minha redação ser anulada por eu ter assinado no final do texto, ao invés de abaixo do título?

    • Olá Rosivaldo. Não vejo motivo para anulação, até por que, não faz parte da estrutura. No entanto, se a banca solicitar uma assinatura e não fizer referência a um local específico, não há com o que se preocupar. Sucesso.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Prof. Edmundo Santana ,gostaria que corrigiste o meu texto..

    Gênero textual Artigo de Opinião

    Gravidez na Adolescência

    Quando uma criança entra na fase adolescente ela passa por varias transformações tais como no corpo e nos sentimentos,surge conflitos entre familiares,segundas opções e varias duvidas.
    Nesta fase os adolescente começa a conhecer o mundo de uma forma diferente com outros olhos se podemos dizer ”maliciosos”,os jovens iniciam então a fase sexual sem se preocupar com cuidados e prevenções levando isso a gravidez precoce,um problema muito serio já que na maioria das vezes esses jovens não tem juízo e nem condições para cuidar de uma criança.Logo largam os estudos desiste dos sonhos e se esquece que é apenas um jovem.
    Apesar de todo o tipo de trabalho realizado para que esse tipo de coisa não aconteça frequentemente entre os jovens é preciso se conscientizar que o inicio de uma pausa para que isso não acontece entre as famílias é o dialogo entre elas a expressão abertamente sobre tal assusto.
    Com a modernidade em que estamos vivendo é preciso o maior cuidado de todos para que isso não ocorra pois uma vez ocorrido não dará pra voltar a trás,Com isso devem investir mais no diálogos nas escolas entre as famílias para que os jovens possam saber sobre os ricos,precauções que leva uma gravidez precoce.

    • Oi Bruna. Vou responder por e-mail, ok?? Só me dê mais um tempinho.

      Obrigado.
      Prof. Edmundo

  • Olá Professor,
    Gostaria se possivel que me encaminhasse alguns artigos de opinião escritos em primeira pessoa no meu e-mail, ou alguns sites que contenham os mesmos, pois estou com algumas dificuldades para redigir alguns artigos e gostaria de ver alguns para saber alguns conectivos legais e melhor modo de escrita.
    Desde já agradeço,
    Até mais.

    • Olá Marcos. A melhor maneira de entender artigos de opinião é buscando em revistas como Veja, Época, etc… Eu leio a Veja com frequência e tem excelentes artigos. Não precisa ser nova. Leia os artigos da Lya Luft, na maioria das vezes ela escreve em 1ª pessoa.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Professor Edmundo,eu prestei o vestibular e o gênero textual foi artigo de opinião e pedio para assinar como Eva
    Acontece que eu assinei no final dessa maneira “” Muito agradecida Eva “” gostaria de saber se pode anular minha redação por esse motivo ?

    • Oi Bruna. Bem, confesso que não é uma assinatura comum, principalmente em se tratando de Artigo de Opinião, mas também não vejo motivo para anulação da redação. Tudo vai depender mesmo é do rigor da banca. Se eu estivesse corrigindo não anularia.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Professor Emundo tenho uma grande dúvida. Fiz o vestibular de inverno UEM – 2014 e tenho quase certeza que me dei muito mal. A redação proposta era artigo de opinião, e o comando pedia que eu escolhesse entre ser contra ou a favor dos rolezinhos dos jovens nos shoppings.
    A partir daí coloquei o título (foi solicitado) e assinei como Eva (solicitado) do lado esquerdo da folha. Até aí tudo bem, o problema maior é que ao colocar minha visão do assunto, eu me relatei como mãe de dois jovens, explicando que não era contra os rolezinhos nos shoppings e que sempre permiti esta prática entre eles. Fiz em três parágrafos, o primeiro me colocando como mãe, o segundo, explicando que o jovem precisa ser apoiado em seus direitos de ser feliz e participante de uma sociedade, e por fim, conclui dizendo: “Enfim, quando jovem, dei muitos rolezinhos e acredito que o jovem precisa de liberdade para amadurecer e criar sua própria identidade.”
    Professor eu tenho quase certeza que misturei relato com artigo de opinião. E agora, posso zerar na prova???

    • Olá Milaine. Se você escreveu como relatou acima, não acredito que sua redação será zerada. Um artigo de opinião tem por característica fundamental registrar a experiência do autor, suas vivências, suas opiniões. O relato seria se você tivesse relatado um caso qualquer em todo o texto. Pelo que entendi não foi o que fez, apenas justificou sua opinião com a experiência de mãe. Não vejo nada de errado nisso. Desejo sucesso no vestibular.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Professor minha professora de português disse que texto de opinião é o mesmo que uma dissertação argumentativa, ela está correta? Obrigado

    • Olá Higor. Há uma diferença básica entre os gêneros. Um artigo é escrito em 1ª pessoa. Já uma dissertação, em 3ª. São muito parecidas, sim, quanto a argumentação e as características, mas não esqueça destas diferenças básicas, ok??

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Fiz o vestibular da puc ontem na redação foi solicitado um artigo de opinião conseguir desenvolver bem porém no final do texto coloquei data e assinei meu nome. Será a redação pode ser zerada

  • Professor gostaria de saber se minha redação (artigo de opinião) pode ser zerada pelo motivo de ter assinado o nome e colocado data no final texto?

    • Olá Washington. Se você colocou seu nome, sim, pode ser anulada, caso a banca seja rigorosa. Não pode haver nenhuma identificação na prova. Quanto a data, não vejo problema. Contudo, se você assinou com um pseudônimo, ou as iniciais, não haverá problemas.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Olá professor. um artigo de opinião é escrito em primeira pessoa. no caso posso escreve-lo desta maneira?

    Posso colocar ” EU ” ? Ou é melhor escrever ” acredito que criminalidades…” ou na primeira pessoa do plural ” acreditamos ” . me de algumas dicas sobre isso?

    • Olá Higor. Sim, você pode utilizar a primeira pessoa para redigir seu artigo, sem nenhum problema. Isso deixa o autor mais próximo do leitor, o que faz parecer uma conversa. O ideal é que você utilize sempre a primeira pessoa e não a terceira, pois a opinião é sua e não de outros.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • olá professor, estou fazendo um artigo de opinião sobre o consumismo. Coloquei uma citação e fiz a referencia com nome da autora, livro ,editora, e data da publicação.
    Como devo assinar este artigo?

    • Oi Lucimeire. Não há necessidade, num artigo de opinião, colocar tantas informações, basta apenas o nome do autor. A assinatura vai depender da exigência da banca. Se nada for mencionado, não assine.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • Olá, gostaria de saber se há quantidade minima e máxima usualmente comum entre os vestibulares para o Artigo de opinião.

    • Oi Natália. É comum a banca exigir um nr mínimo e máximo de linhas, sim. Isso varia conforme a banca (faculdade, universidade). Redija seu texto, sempre, entre este espaço de linhas solicitado, caso contrário sua redação poderá ser anulada.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • minima e máxima de linhas* .. perdão!

  • Qual é a média da penalidade para o candidato que não coloca o pseudônimo?

    • Oi Silas. Muito difícil dizer. Cada banca tem seu critério. No entanto, se você colocou seu nome ao invés de um pseudônimo, a maioria tem por penalidade a anulação da prova. Caso não tenha colocado nada, aí ficará a critério de cada uma.

      Abs
      Prof. Edmundo

  • ola professor, parabéns pelas explicações. Uma dúvida: os comandos da uem pedem para assinar com pseudônimo. No artigo de opinião, o pseudônimo fica logo abaixo do título – do lado direito, ou ao final do texto? Grato

Leave a comment