set
8
2009

Redação: Enem e Vestibular – Desenvolvimento


cadernoNo artigo Redação: Enem e Vestibular. Introdução, falamos sobre dicas de como iniciar sua dissertação. O artigo de hoje nos dedicaremos a passar dicas sobre o desenvolvimento.

Desenvolvimento

É onde o autor defende sua tese com base em argumentos e exemplos. O importante é que, no desenvolvimento, se encadeiem os argumentos que comprovarão a tese (dissertação argumentativa) ou as informações sobre o assunto sobre o qual se deseja informar o leitor (dissertação expositiva).

Os métodos abaixo não são regras, mas, modelos bem aceitos pelas bancas, e mais utilizados na produção de textos dissertativos.

Desenvolvimento por explicação:

Esse tipo de desenvolvimento, um dos mais comuns, consiste em elaborar cada parágrafo com base em uma explicação para o problema exposto na introdução. Para fazê-lo, podemos proceder da seguinte forma: após definirmos o ponto de vista ou o assunto a ser apresentado, perguntamos “Por quê?” a essa formação inicial.

Cada resposta a esse “Por quê?” resultará em um parágrafo do desenvolvimento. Com base no tema “O trânsito nas grandes cidades”, utilizado no artigo Redação: Enem e Vestibular. Introdução tivemos as seguintes ideias :

– excesso de veículos; cidades sem estrutura; transporte coletivo precário.

Estas são as repostas da pergunta que fizemos ao tema. Experimente perguntar, novamente, por quê para cada uma delas, e encontrará os argumentos para seu desenvolvimento. Veja:

Por quê as cidades estão com excesso de veículos: maior acesso ao crédito, financiamentos mais longos, estabilidade da economia, taxas mais baixas, etc… Veja quantos argumentos você tem para desenvolver o primeiro parágrafo do desenvolvimento. Basta ordenar as ideias e elaborar sua defesa. Observe que essa foi nossa ideia principal quando escrevemos a introdução.

Agora responda você:

Por quê as cidades não têm estrutura adequada?

Por quê o transporte público é precário?

Então, responda a estas perguntas nos comentários e vamos ver como andam suas ideias para este grande problema nas cidades. Se quiser, pode escrever um parágrafo nos comentários.

Abraços,

Professor Edmundo Santana

Artigos relacionados

Sobre o autor: Edmundo Santana

Diretor Geral da Canadian Corporate Coaching Group Brasil. Sócio Diretor da Advance Consultoria e Treinamentos. Consultor e Instrutor em Desenvolvimento de Pessoas. Consultor e Instrutor do Sebrae/PR. Professor de Técnicas de Redação. Fundador do Blog Professor Edmundo Santana. Autor do Livro Fazendo a Diferença - Aprenda Fácil Editora

12 Comments+ Add Comment

  • Redao: Enem e Vestibular Desenvolvimento…

    No artigo Redao: Enem e Vestibular. Introduo, falamos sobre dicas de como iniciar sua dissertao. O artigo de hoje nos dedicaremos a passar dicas sobre o desenvolvimento….

  • com a facilidade,o numero de veiculos estão superando as estrutura da cidade

    • Muito bem, Jideilson. Este é um bom argumento. As cidades não estão preparadas para receber este nº crescente de veículos que as facilidades da economia estável vêm proporcionando.

      Parabéns.
      Professor Edmundo Santana

  • A falta de estrutura esta relacionada ao crescimento disacerbado principalmente nos grandes centros das cidades .

  • As cidades brasileiras hoje vem sofrendo com o grande aumento de sua população e consequentemente com os automoveis. Estas cidades foram planejadas em muitos anos atras, algumas até centenarias. Entao a infra-estruturas das mesmas nao foi planejada para esta quantidade de veiculos,o que gera muitos quilometros de engarrafamentos na zona urbana.
    Muitos trabalhadores hoje precisam pegar o transporte publico todos os dias para sair de suas casas e chegar até o seu trabalho. Com a grande demanda de pessoas e o pouco investimento em onibus torna bastante precaria a viagem dessas pessoas.

  • Muito bem, Ana e Débora, seus argumentos estão corretos.
    Parabéns.
    Obrigado por participar.

    Abraços,
    Professor Edmundo Santana

  • A falta de políticas de incentivos a transportes publicos poderia ser caracterizada como a raiz dos problemas, já que almejamos um carro para nao precisar utilizar esse recurso.

    • Olá Carolina,
      Este é um ponto fundamental. Se realmente tivéssemos um sistema de transportes eficiente, deixaríamos nossos carros em casa, utilizando-os apenas nos finais de semana, como ocorre em muitos países de primeiro mundo.
      O grande problema, na verdade, é que gasta-se muito mais para reestruturar uma cidade, como por exemplo, construir um metrô. As obras do Metrô no Rio já duram mais de 30 anos. Nem imagino o quanto já se gastou…
      Muito bem, parabéns, porém, não esqueça de que o aumento de veículos também está vindulado diretamente às facilidades do crédito.

      Abraços,
      Professor Edmundo Santana

  • O crescimento desordenado da população desorganiza as cidades, causando desequilíbrio em seus diversos sistemas organização e falhas em sua estrutura repercutindo por exemplo em problemas no transporte público que não se demonstra eficiente para atender toda a demanda de pessoas de forma descente .

    • Olá Louise. Esta é uma ótima introdução. Apenas observando algumas falhas na pontuação. Mas a ideia é essa. Parabéns.

      Prof. Edmundo Santana

  • Em se tratando do transito nas grandes cidades,é inevitável destacar a falta de estrutura das mesmas e o crescimento da população como sendo uns dos principais causadores do problema.

    • Olá Kamila. Obrigado por visitar o blog. Acrescentando aos seus argumentos, a facilidade de acesso ao crédito nos últimos anos e os estímulos à compra de carros novos, você monta um excelente texto com estes argumentos. Parabéns.

      Abs.
      Prof. Edmundo Santana

Leave a comment