abr
25
2012

Curso de Redação Online – Dissertação – parte 01


redação online

Redação Online

Conforme prometi, iniciarei uma série de posts em forma de curso online. No entanto, preciso alertar para algumas atitudes importantes para aprender a escrever um bom texto. É um conjunto de ações necessárias para ajudá-lo neste processo:

  1. Leitura:  Sem leitura, dificilmente você conseguirá um bom vocabulário, o que é extremamente importante para redigir um ótimo texto. Leia revistas de notícias (Veja, Época, etc…), jornais, livros. Esse é um ponto fundamental e indiscutível;
  2. Informação: Sem informação não há argumentos. Você ganhará conhecimento através da leitura, conversando com pessoas mais experientes e aprendendo constantemente. Costumo indicar para meus alunos a leitura de livros de história como: 1808, 1822, Uma Breve História do Mundo, Uma Breve História do Século XX. São conhecimentos essenciais para formar sua base de argumentos;
  3. Prática: Não se aprende a escrever sem praticar. Engana-se quem acha que vai ler estes posts e aprender, de forma mágica, a escrever bons textos. É preciso prática, e muita prática. Escreva pelo menos três redações por semana e peça a algum professor para corrigi-las. Não posso me comprometer a ler todas, mas sempre me disponho a corrigir algumas.

DISSERTAÇÃO

A dissertação é a exposição de uma ideia, discussão ou interpretação de um conteúdo.  Sendo assim, o domínio do tema é fundamental para um bom discurso, caso contrário, teremos novas pérolas para “enriquecer” as piadas sobre as redações do vestibular. Para isso, é imprescindível que o candidato leia, leia, leia e leia. Deve estar atualizado com o que acontece no mundo, no seu país, no seu estado. Leia jornais, revistas, assista noticiários, busque informações. Nenhuma técnica de redação será suficiente se você não dominar o tema em pauta. Essa é a primeira dica.

Parágrafos

Numa dissertação, cada parágrafo é a representação da exposição de uma ideia.  Uma boa técnica é dividir sua dissertação em 5 parágrafos, da seguinte forma: 1º – Introdução; 2º, 3º e 4º – Desenvolvimento; 5º – Conclusão. Esta estrutura é a mais bem aceita nos vestibulares e Enem, para o caso de redações de 20 a 30 linhas. Observer que, nesta estrutura você deverá dividir os parágrafos em partes iguais, mantendo, assim, uma boa estética de apresentação, bem como a estrutura das ideias.

Introdução

Existem diversas formas de se começar uma redação. Uma afirmação, uma descrição, um pergunta e muitas outras. O importante é que na introdução deve-se se lançar o assunto que virá em seguida e chamar a atenção do leitor. Não deve ser muito longa para não desmotivar a leitura. Se a redação deve ter trinta linhas, a introdução deverá ter de quatro a seis linhas. Utilize apenas um parágrafo.

O que não se deve fazer na introdução:
– Iniciar com uma idéia geral que não se relaciona com a segunda parte;
– Iniciar com as mesmas palavras do título;
– Iniciar aproveitando o título, como se fosse um elemento da primeira frase.
– Iniciar com chavões (frases comuns de conhecimento e uso popular).

 Desenvolvimento

É parte substancial e decisória da redação. É nele que você tem a oportunidade de colocar seu conteúdo, razoável, lógico. Sendo o desenvolvimento a parte mais importante, deverá ocupar o maior número de linhas, então, deverá ter entre dezoito e vinte e duas linhas. Utilize dois ou três parágrafos.

O que não se deve fazer no desenvolvimento:
– Muitos detalhes;
– Divagações;
– Repetições;
– Exemplos excessivos;
– Fugir do tema;
– Não descrever o que foi proposto na introdução;
– Usar frases feitas;

Conclusão

É aqui que você irá propor a solução. Seu ponto de vista, pois, apesar de ter colocado suas idéias no desenvolvimento, é aqui que ele terá mais destaque. É extremamente importante que você conclua seu texto, faça o fechamento de sua idéia. Utilize apenas um parágrafo.

O que não se deve fazer na conclusão:
– Deixar de concluir;
– Usar expressões como: Em resumo; Concluindo, etc…
– Inserir novos argumentos ou informações;
– Usar somente a última idéia apresentada no desenvolvimento.

Vale lembrar que uma boa dissertação é baseada em fatos e argumentos.

Abraços,

Professor Edmundo Santana

Artigos relacionados

Sobre o autor: Edmundo Santana

Diretor Geral da Canadian Corporate Coaching Group Brasil. Sócio Diretor da Advance Consultoria e Treinamentos. Consultor e Instrutor em Desenvolvimento de Pessoas. Consultor e Instrutor do Sebrae/PR. Professor de Técnicas de Redação. Fundador do Blog Professor Edmundo Santana. Autor do Livro Fazendo a Diferença - Aprenda Fácil Editora

Leave a comment